Tribunal de Justiça do Piauí e Oncobem arrecadam absorventes íntimos


Com o intuito de combater a pobreza menstrual, a Oncobem em parceria com a Coordenadoria da Mulher (TJ-PI) realizam a arrecadação de absorventes íntimos para pessoas em situação de vulnerabilidade social.


A campanha surgiu a partir do crescente debate sobre a pobreza menstrual no Brasil. De acordo com a pesquisa “Pobreza menstrual no Brasil”, do Unicef e do Fundo de População da ONU, mais de 4 milhões de estudantes estudam em escolas que não atendem a pelo menos um dos requisitos mínimos de higiene, como papel higiênico, sabão ou pia. São 1,24 milhão de estudantes brasileiras que não têm acesso a papel higiênico em suas escolas, 652 mil estudantes brasileiras não têm acesso a pias ou lavatórios em suas escolas e 3,5 milhões estudantes brasileiras não têm acesso a sabão nos banheiros de suas escolas.


"Quando nos deparamos com a informação de que entre quatro pessoas que menstruam, uma não tem acesso a absorvete íntimo causado pela pobreza menstrual, nós como uma empresa-cidadã nos sentimos responsáveis por fazer parte dessa luta. A Oncobem tem como princípio o cuidado e não abrimos mão de fazer parte dessa luta. Temos que ter consciência de que, como sociedade, temos responsabilidade por essas pessoas. Esse é nosso sentimento e nosso papel", explica o CEO e Diretor de Operações, Enéas Vieira. A ação também faz parte da campanha Outubro Rosa, realizada pela clínica.


Os absorventes serão doados para pessoas que menstruam residentes em Teresina e assistidas pelo programa FLORESCER, da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Piauí.


Como doar?


A arrecadação será realizada até o dia 31 de outubro.

Você pode doar absorventes e itens de higiene pessoal da sede da clínica Oncobem.

Av. Leônidas Melo, 370 - bairro Piçarra - Teresina/Piauí.


10 visualizações0 comentário